img_8527

 

 

 

 

 

 

 

A força do aqui e agora, só é possível porque o atrás lhe fez o presente…
Em cada ano que passa, um outro, dito velho, fica para trás…
São formulados desejos, metas, paz, amor, fraternidade, boas entradas, boas saídas, e por ai vai…
O que sai, é de imediato descartado, como se já não fosse mais necessário, para assim dar vida ao que acaba de entrar, e todos os anos se repete esta saga…
Pois é, eu gostaria de dizer que tenho um baú, repleto de anos velhos, esses que me fazem viver o aqui e agora, e, sempre que preciso de um conselho , la vou eu até ao fundo do dele, buscar o que me faz falta, pois que, eles carregam experiências únicas, e quando meio perdida, desço as escadas, “converso” com todos eles, e sempre encontro a solução…
Estão todos alinhados e arquivados, de forma a facilmente poderem ser consultados…
Estão agora mais rejuvenescidos, porque viver 365 dias, a multiplicar por tanta verborreia mental e mundial , não é para qualquer um, como tal, precisam de ser religiosamente guardados, estes meus tesouros encantados…
Sempre que vem um novo, me encho de nostalgia, pois sou possuidora de um império acumulado, que sempre espera que o novo não desiluda…
Não gosto de trocar o que está bem, não gosto das saídas, e fico espectante com as boas entradas…
Por tudo isto, prefiro ficar no colo do anterior, não criar expectativas sobre o novo , que ainda não tem experiência…
Gosto de privar com “sábios”, eles fazem o meu aqui e agora , parecer mais simples…
Portanto, viva o meu relicário de anos dourados, onde me debruço, medito e penso enquanto o novo toma forma, para posteriormente à forma pertencer…

MUNDO NOVO

Anúncios