NOVO CICLO…

Foi tudo bom!

Ficou para trás, um tempo que não foi, de tanto faz!

Foi tudo pensado e outro tempo só por acaso

Mas o acaso não acontece

Tudo se passa como imaginamos nisso, creiamos!

A mente inconsciente, atira-nos para as nossas profundezas …

Onde o que nos faz feliz, salta para fora do nosso imaginário…

Por vezes, pensamos que tudo está ao contrário …

No final de cada ciclo, percebemos a exatidão do coração

O acaso deixa de ser acaso

Lá bem no fundo, era um caso mais que pensado…

Depois, fica aquela sensação do bom e do bem

Olhamos e não falta ninguém

Finalmente o ciclo se volta a fechar

E só fica dentro quem de facto queira ficar!…

OS ANOS LOUCOS

 

21/02/2020 EM FRANÇA!

Todos os dias, são dias especiais
E porque existem dias especiais?
Não existem porque existem
Existem porque existimos

Cada um tem um sabor único
Uma leitura única
Um começar e prolongar
Até o novo ano chegar

Os dias só por serem dias
Já são super especiais
E não é por causa da chuva
Nem pelo sol brilhar mais

São, porque em cada um deles
Tem uma historia anexada
Uma pessoa firmada
Uma historia vivida
Uma vida contada

Então os dias especiais existem
Porque você existe
E
E hoje não podia ser excepção
21 de Fevereiro
É
Dia super especial
Não por ser sexta feira
Mas sim
Porque celebra uma vida inteira

Vida de alguém especial
Que lhe deu um sentido
Que fez com que 21 tivesse existido…

Este começou com horas marcadas

Num relógio que está mais à frente

Não um relógio qualquer

Mas um oferecido por um exacto motivo

Contar as horas que se derramam

Sobre tempos que nunca param …

21/02/2020

PARA SEMPRE…

Paris a cidade que eu “fiz”

Sempre me lembra um passado inexistente

Cheio de uma saudade presente…

Voltei lá como ninguém

De uma forma que eu nem eu sabia que conseguia

Saí da minha zona de conforto

E fui atrás de uma felicidade que não é um tanto faz…

É uma busca incessante por algo que não é palpável

De um mundo inimaginável

Que fica perto da minha mente, me acompanha dia a dia

Como se tivesse sido a minha casa um dia…

E corro atrás do que feliz me faz

E pode ser vago ou sem sentido

Mas para mim é refugio de dias e dias

De passado fundido com presente

Delineando sempre  um futuro ausente mas, consciente!

OS ANOS LOUCOS