TEMPO E AS NOSSAS CIRCUNSTÂNCIAS!

Todos os dias tem um tempo novo

Fazemos com ele o que melhor sabemos

Por vezes nada sabemos de concreto

Mas o tempo não espera e se resolve na hora certa!

Lembramos tempos passados

Querendo trazer-los para o presente

Mas, o presente é sequência de vida vivida

Da forma que nos é percebida!

Nunca faríamos  nada igual

Com o tempo que passa e que se consome

Porque a circunstancia muda a aragem

Logo, o tempo se vira para outra margem!

Tudo porque o tempo não tem tempo para esperar

A fim de que nos possamos preparar

Corre e não para

Ensina se quisermos aprender

Pois que, com o nosso tempo, fazemos o que entendemos e sabemos!

Não existe tempo para lamento

Somos as nossas circunstâncias

Sobre tempo que passa que muda e que começa

Dando apenas prazer que quem realmente se interessa!

OS ANOS LOUCOS

Os Anos Loucos

Os Anos Loucos

Por vezes, queria saltar do presente para o passado e tentar perceber o que fiz errado!

Mas , dou-me conta que não é possível, então, continuo a caminhada com a certeza incerta que não estive errada!

Enquanto isso, o tempo corre, dando ar de sua graça, alheio a tudo que se passou e passa!!!

parisstyle #versailles #versaillespalace #versaillesgardens #chateauversailles #versaillescastle #trianon #sky #skycolors #peace #chateaudeversailles #france #france🇫🇷 #francemylove #fevrier2020 #me #traveltheworld #travellers #bloguer #amazingplaces #eternity #photoftheday #photography #photos #utahlifestylephotographer

OS LIMITES VS… !

Todos temos os nossos limites, importante É, saber onde se encontram, como multiplica- los, sem perturbar a nossa sanidade mental!

Ora aqui está o dilema!

A nossa sanidade mental, não depende de  passar e ultrapassar limites, mas sim, de como o podemos fazer!

Limites sempre houveram, as ultrapassagens também, mas e a sanidade fica intacta?

Nuns casos sim, já em outros, nem por isso!

Quando se luta solitáriamente, os limites são constantemente postos à prova, por vezes, nem damos conta, mas, como se está só, não se pode pedir “socorro”, então,  alternativa é, respirar fundo e prosseguir!

O que nos pode ajudar, com toda a certeza,  não são esses “mentores / coaching” que estão sempre  na moda, pois que, ninguém sabe a imensidão dos limites do outro, nem a “dor” que o outro sente, por isso, essas regras nunca se deviam aplicar!

Ajudar o outro a prosperar no negócio?

Ajudar o outro a descobrir o melhor de si, prosperar, sem se anular?

Dar ferramentas para ter sucesso na vida profissional e  particular?

Como não se anular!

Como ser mulher nos negócios?

Etc, etc etc…

A avaliar pela quantidade de coaching’s / mentores, teorias de bem ser, bem estar etc, seria caso para dizer que está tudo muito bem, seria fantástico, mas não é verdade!

Portanto, conheça-se, saiba do  que é capaz, faça-o apenas, porque o outro, nada sabe acerca disso, quando ajuda, apenas ajuda a partir do próprio de vista, que raramente é o seu!

Gostamos de pensar que os outros têm fórmulas “mágicas” para  ajudar, mas, se fosse assim , também eles não precisariam fingir que está tudo bem, nem a insistirem na venda de uma vida de sucesso, pois que, quem insiste em algo, é porque esse algo, não trás mais valias que não sejam momentaneamente, para o mesmo !

Trabalhe, caia, levante-se, descanse, chore, ria, vá de férias, trabalhe até tarde, mas não se lamente do seu insucesso, pois “não existe bem que tanto dure nem mal que tanto perdure”, e isto normalmente tem um nome, VIVER!

OS ANOS LOUCOS

O MEU SORRISO !…

Estou sempre a sorrir para “alguém”

Mesmo que fisicamente, não esteja ninguém!

Pois que, também vivo com os meus pensamentos !

De pessoas e de segredos

Da vida em harmonia !

Por isso, sorrio sempre

Porque viver não é só ser

Também é ter!

E eu, tenho pensamentos

De pessoas, de lugares , de amor e de paz!

Quando mais cansada, regresso sempre aquela “estrada”…

Onde habita o melhor de mim…

Que me enche o ser, o ter e me dá aquela paz…

Porque a vida, não é, nem nunca será um tanto faz!

OS ANOS LOUCOS