DIA 3 (estamos encerrados)

Amigos de todo o mundo que me lê, vai chegar a todo o lado, não esperem por normativas governamentais, vejam o nosso exemplo da Europa, ninguém aprendeu nada, está a repetir-se em todos os países, pelo menos que se aprenda algo com a “experiência”  dos que estão em pior situação:

Italia / China / Espanha / França e Portugal vai pelo mesmos caminho porque não esta a apreender nada!

 

 

DIA 2 (O nosso tempo)


São horas que escorrem

Delapidadas usadas e cansadas

Deixam-se lentamente ou apressadamente

Morrer um dia mais à frente…

E com o tempo que inventam

As horas se multiplicam

Quando cansadas subtraem as mais usadas

Essas que sem querer caiem na terra

Sem saberem ficam semeadas

Fabricando mais horas, muitas delas paradas…

E nós que tudo temos

Com elas, nada podemos

Ficamos inertes, cansados ou apressados

Em busca de outro tempo

Que não seja marcado a compasso

Não nos tire a liberdade

De viver com esse tempo roubando o da eternidade

Por isso Dali tinha razão

Pintou com pincéis e tinta

O que poetas escrevem com a mão

Relógios que se derramam

Sobre as  horas que nunca param…

OS ANOS LOUCOS

DIA 1 (porque preciso de gritar)…

Estou angustiada porque não posso fazer nada
Sigo as regras do DGS mas, estou prostrada
Já não consigo pensar mais nada
Nem a porcaria das minhas teorias de conspiração têm razão
Fico no silêncio da casa, no silêncio do jardim
Mas já nem dou conta de mim
Oiço gritos em surdina
Sorrisos nervosos
Palmas descontroladas
Ruas vazias e outras atribuladas
Não quero acreditar no que se está  a passar
Recuso-me a aceitar!
Porém, é verdade
Por isso estou angustiada por não poder fazer mais nada
E tenho a certeza que quando tudo passar
Esteja eu aqui ou não
O mundo não será mais o mesmo
Teremos que nos reinventar mais uma vez neste lugar!
Não me peçam para bater palmas, não me peçam para cantar
Pois a única coisa que me apetece
De facto é mesmo chorar !

OS ANOS LOUCOS

O DIA EM QUE PORTUGAL PAROU!?!?

 

Ontem falou o nosso primeiro ministro ao país sobre as medidas do COVID-19, e, temia-se o  que acabou por acontecer, porque de facto é assustador.

A partir de segunda feira, dia 16/03/2020:

  • Escolas universidades encerradas
  • Discotecas encerradas
  • Bares e restaurantes com acesso restrito
  • Praias interditas para evitar a parvoíce
  • Empresas a meio gás, outras tantas fechadas
  • Supermercados completamente esgotados de produtos devido a surto de parvoíce
  • Museus, cinemas, auditórios, festivais cancelados
  • Tradições religiosas da Páscoa canceladas
  • Etc, etc

Portugal parou, Espanha está a parar ,  tal como Itália que está parada e em pânico, o mundo pára a conta gotas, trituram-nos os miolos todos os dias com tanta informação, e desinformação que já ninguém aguenta.

No meio de tudo isto, não entendo como alguns “acéfalos” conseguem ir para a praia,  como se nada estivesse a acontecer.

Vamos nos silenciar e orar,  para que isto passe depressa  e não deixe muitas marcas !

Vamos também nos preparar para o pior, esperando o melhor!

E porque não tenho mais palavras, e porque o silêncio é de ouro,  me fico por aqui com estes anos que não poderiam ser mais loucos!…

OS ANOS LOUCOS

 

ANOS LOUCOS 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Descia a calçada

De cabeça erguida, em frente seguia

Nada enfrentava e nada falava

Não estava presente para quem a julgava ausente…

Ausente caminhava pela calçada atribulada

Não querendo saber de assuntos nem de pessoas

Nem de coisas menos boas…

Estava farta

Como qualquer humano pensante

Neste mundo aberrante

Onde de tudo acontece de  forma bizarra

Não dando margem para pensar com serenidade

Se tudo que se diz e faz, é de mentira ou de verdade!

Então, farta

Desceu a calçada

Ao encontro do nada

Apenas para esvaziar pensamentos, incertezas

Dos anos loucos que vivemos sem termos a noção que os temos!

OS ANOS LOUCOS

 

OS NOSSOS ANOS LOUCOS !

Podemos não morrer da doença, mas muitos vão morrer da cura!

Faz uma semana que o estado português, lançou uma linha de crédito para as pequenas e médias empresas, no valor de 100 Milhões de Euros, com o aval do estado, e, vai também pagar salários a 100% , a  todas as pessoas  que fiquem em quarentena!

 


Hoje, acordei com a notícia que a França fez o mesmo, ou seja, lançou uma linha de crédito para as empresas mais visadas por este
🦠 vírus, mais precisamente as que estão mais ligadas ao turismo.

O mesmo se vai passar com outros estados seguramente.

Como  que de repente, uma economia e sistema financeiro que estava moribundo, renasce e começa a emprestar dinheiro aos governos, as empresas etc, etc, como se tivesse, descoberto minas de ouro…

É bom que se diga e repita, pois também já foi escrito e falado por grandes economistas mundiais, que o sistema financeiro mundial, da forma como o conhecemos está em falência, pelo que lhe foi dado mais um menos uma década para que caísse, se nada fosse feito !

Como se faz para recuperar este sistema?

Endividando estados e empresas.

Ora o que temos neste momento?

Linhas e mais linhas de crédito, para tudo, para assim, mais uma vez, nos amarrarem ao dito sistema financeiro, controlado por maçonarias e iluminates  e nos terem reféns como lhes convém…

Antes, diziam que esta minha abordagem,  era apenas mais uma teoria minha da conspiração, agora, parece que já me vão dando alguma razão!

Mas isto, mais ou  menos todos sabemos, desde que queiramos, mas principalmente se juntarmos  as peças de um puzzle gigante, o resultado será óbvio.

Já a pergunta, e o que fazemos nós, os simples mortais, os que sempre pagam este regabofe milenar?

De facto não podemos fazer nada, por isso nos querem controlados e agora calados, cada um dentro de suas casa trabalhando através da net.

Os tempo estão mudados, já faz algum tempo, mas, este tempo, o dos ANOS LOUCOS do século XXI, vieram para ficar, e não tenho dúvidas que a crise se vai instalar, nada tem a ver com a doença, mas sim com a cura a que nos querem submeter…

Vamos seguindo as notícias e o mundo, nestes tempos conturbados, e fazer o nosso melhor, para que não nos dividam mais do que já estamos…

Enquanto 1 a 3% assistem de camarote…

Nunca pensei que os meus anos loucos, pudessem vir a fazer tanto sentido!

OS ANOS LOUCOS 

TEMPOS DIFERENTES!

Reflectindo sobre tudo !

Tudo o que não se compreende

Uns levam a peito

Outros colocam-se a jeito

E os restantes não veem ou não querem ver o que está a acontecer

Mas é inquestionável que o mundo está a perecer

Já estamos moribundos

Enquanto outros já são defuntos

No intervalo existe uma corja que nos modela

Fazendo crer que a nossa vida é bela..

OS ANOS LOUCOS

SER MULHER!

Se eu pudesse escolher, com toda a certeza voltaria a ser mulher…

Já não faz mais sentido evocar o passado que passou!

Dele não mais teremos , apenas e só, se quisermos…

Tudo tem um tempo de luta que vai ficando para trás!

Importante é valorizar o agora e deixar o passado arquivado

Sem nunca esquecer interiormente quem nos fez estar neste presente…

Hoje somos mais nós, já não andamos tristes e sós…

A luta de agora e os tempos de outrora

Já nada têm a ver,

Façamos desta herança nossa vivência em permanência

Porque outras vidas que tivemos, mais delas não queremos

Hoje apenas se deve assinalar e não permitir

Para que esta data não se esfume e não se volte tudo a repetir…

DEDICO A TODOS OS SERES HUMANOS

Nestes que são os ANOS LOUCOS