OUTONO EM OUTUBRO

Ai Setembro Setembro
Que de ti, já pouco lembro
Esse pouco que transborda
E saiu pela estrada fora…

Foram dias esgotantes
Saturados de cuidados!


Esperemos que esta estação
Carregue consigo, dias repletos de paixão…
Paixão pela vida, pelas coisas novas de outrora
E de tantos dias infinitos e principalmente, bonitos…

Que de cuidadosamente pensados

Possam construir um novo mundo …
Porque do anterior, já nem queremos lembrar…

Melhor mesmo, é esquecer e arquivar onde tem que ser !

Os anos loucos do Sec XXI