Saí pela madrugada molhada

Cansada resolvi partir

Enrolei-me no vento

Segredei ao tempo

Que o tempo me levasse dali…

Levou-me sem mais demora

Desde logo, dali para fora

Saí voando

Nas asas da madrugada

Enrolada e acarinhada

Conversando com o meu tempo

Este que já acabou

Me tomou em suas asas

Me enrolou e resgatou…

“Silêncio” 2016

Anúncios