Hoje presenciei o insolito
Foi uma aragem repentina
Estava tudo no ar
Não era preciso falar
Nem tão pouco escutar
Foi uma aragem repentina
Do insólito desta rotina
Que necessariamente
Acontece
mesmo sem consentimento
E só damos damos por ela
Se estivermos atentos
Oi será que nao?
Afinal foi apenas uma aragem
Talvez um ensaio para o insolito
Na ausencia
De explicação melhor
Ficamos com a presença
Do real da essência
Seja insólito, aragem
Ou apenas a presença
Da excelencia…

Anúncios