Nascemos para morrer lentamente…

O fim ninguém sabe ou pode decidir, apenas o principio

Todos estamos certos que viver é:

Sofrer, amar, sonhar, viver

Que culmina com o morrer

No entanto todos querem viver se possível muito

Mas ninguém escolheu nascer, 

Se fosse possível provavelmente o mundo seria um deserto…

A fecundação dá-se, devido a um momento de extase

Que ninguém quer controlar nem controla

É quase como dizer que

É o nada que decide coisa nenhuma

Todos assistimos a este desenrolar

Fazemos de tudo para prolongar a vida

E assim quanto mais sabemos mais lenta a morte fica

Morremos muito mais velhos, mas disfarçados de novos…

Afinal qual o objectivo da raça?

Nascer para morrer?

Ou morrer para nascer?

 

AC   01/10/2010

 

 

 

 

Anúncios