PENSAMENTOS

É neste emaranhado de pensamentos
Em que me vejo metida, é um novelo imenso
Que não sei a sua saída.
Por mais que tente desenrolar
Nada de bom me acontece, cada vez se enrola mais
E a verdade desaparece.
Mas de que me queixo eu?
É apenas mais um novelo, afinal foi sempre assim,
Mas na verdade dá medo.
E, medo é uma palavra que não quero mencionar,
Prefiro apenas pensar que é a vida a desenrolar…
Se umas vezes melhor, outras há que não que não é tanto assim
Não vale a pena chorar
É preciso acalmar
E ver a vida a desenrolar…

16/02/2010……………………….AC

Anúncios