20140512-073533.jpg

Por fim fui dormir
Mas com a lua a sorrir

Com a noite em cenário de fundo
Com palavras por dizer
Com assuntos por resolver
Com pessoas por falar
Com emoções a transbordar

Mas por fim chegou a noite
Com arejem peculiar
Não era para sentir
Nem tão pouco para chorar

Era para ali ficar
Sem mais em que pensar
Porque ansiei pela noite
Que me ofereceu o luar
Por isso hoje é para dormir
Mas com a lua a sorrir

Sonhar que nada é real
Neste tempo tão anormal
De pessoas desencontradas
E com vidas amarguradas

Neste SEC com numero XXI
Pertissimo do abismo
Longe da simplicidade
Paredes meias com a vaidade
Muito longe da realidade
Que seria nossa felicidade

Anúncios