CAIR? DA TARDE

Cai a tarde, prepara-se mais um noite
Mas como dizer cair para algo que esta sempre a sorrir?

A tarde nunca cai, a tarde deita-se, espraia-se na areia
Esperando a lua cheia

Adormece até ao amanhecer
Cúmplice de muitas conversas
Umas adormecidas e outras mais despertas

É a tarde que se põe
Aqui e em qualquer lugar
Hajam olhos para ver ou
Simplesmente para contemplar
E ouvidos de mercador
Se o tema não for amor…

(…)

Anúncios