letras

Vou colocar todas as letrinhas

Amará-las dentro de um saquinho

E segurar  com todo o carinho…

Vou pegar em todas elas

Cada qual em sua vez

Juntar uma a uma, atirar para o espaço

Esperar que ele faça, tudo o que tem que fazer…

São muitas letrinhas soltas

Em volta de uma vida

Com elas posso escolher

A melhor forma de me  escrever

Vou fazer um manual

E segui-lo de modo igual….

Mas como são tantas letrinhas

Posso perfeitamente alterar

Se do manual eu não gostar…

A mim me cabe decidir

Qual  manual que devo seguir…

Até lá vou coleccionando

Tantas quantas me apetecer

Um dia decidirei o que com elas fazer…

Albertina Correia

Anúncios