O nosso mundo de hoje, não é nada justo, dizem as massas.

Morrem os seus filhos todos os dias, neste ou aquele atentado, de pessoas ditas terroristas, seja qual for a ideologia.

Porém,

O marido esfaqueia a mulher, o aluno dispara sobre a turma, o pai viola a filha menor, a mãe até assiste e participa, os colegas de turma espancam por divertimento, as florestas ardem porque alimentam muitos lobbies, depois temos os “verdadeiros” ataques terroristas!!!!

Só que, o mundo continua desde sempre, mais igual, as técnicas, essas sim, são outras, e, se juntarmos as redes sociais/net, ficamos mais (des)informados que na era medieval, apenas isso.

E tudo continua na mesma, até que aconteça com os teus filhos, ai tudo muda…

São os teus filhos, e ai ninguém toca, viras bicho, até matas se necessário for, mas continuas a pertencer às massas, e são as massas, as verdadeiramente manipuláveis, que comentem todas estas atrocidades, precisamente por serem manipuláveis, e,  quem goza de bons loobies, fica a assistir de camarote, a fabricar a próxima chacina, de tal forma, que até lhes consigo ouvir os risos…

Eu também gostava de pertencer aos intocáveis, esses que vivem alienados da vida mundana, que fazem tudo acontecer a seu favor, e, estes,  tem um única característica comum “são inteligentemente vigaristas” e isso está ao alcance de muito poucos…

As massas estão dormentes, olhando apenas as tragédias de outras gentes…

Os intocáveis estão dormentes, fixados nos lucros, dados por essas gentes…

E assim o mundo segue, e vira, até que se mate o ultimo filho, o das massas…

Os intocáveis, esses reinventarão  outro mundo, onde as massas que sobrarem, serão substituídas por qualquer coisa, que eles ainda não sabem, ou essas coisas os substituem eles, e puft, c’est fini…

Até lá, assistimos diariamente sentados num qualquer sofá, ao desespero dos outros, esquecendo que os outros, somos precisamente NÓS…

EU E O MUNDO

 

Anúncios