Ontem

A minha caminhada pela noite dentro

Demorou um pouco mais de tempo…

Esse que  não se mede, usa-se e sente-se

Não importam as horas divididas

Somadas, multiplicadas e repartidas…

Caminhei até que me cansei

Por folhas, pétalas, troncos e relvado

Caminhei  até este lado…

Até  que no lado de cá, já estava o tempo a contar

Não o meu, mas o tal que todos os dias

É repartido, somado e dividido

A fim de cumprir os horários

Há muito estabelecidos pelos grandes  ótarios …

Vamos ver amanhã  o que a noite nos trará…

EU E O  MUNDO 🌎

 

 

Anúncios