Tem coisas que acontecem, que por acaso são no natal…

Poderiam ser em outro momento, mas o Natal, enche as pessoas de emoções, que as fazem ter gestos que de outra forma não era suposto…

Conduzindo eu por uma rua de Vila do Conde , em mais um dia atarefado, parei numa passadeira para dar passagem aos dois peões, e, não é que eles eram um Pai Natal acompanhado de uma menina?

Pois é, e quando pensava que era esperar para que atravessassem a rua, eis que ele , o Pai Natal, veio em minha direção, e ofereceu-me um raminho  de Amores Perfeitos…

Poderia ser numa ocasião qualquer, mas foi no Natal, quando as pessoas se permitem viver as emoções sem aparente razão de ser e assim acontece magia, que por acaso, ou não,  foi no Natal…

Festas Felizes…

Anúncios