A sociedade caminha para a individualidade.

Isto é um facto que não podemos ignorar, mas, há alguns anos que é assim, e, como não se inverteu a situação, vamos em direcção ao extremo, até “bater de frente”.

Somos uma pluralidade, repleta de individualidade, isso é óptimo, mas estamos a ficar também individuais no nosso Modus Operandi .

Cada um rema para seu lado, mas, vai dando uns bitaites, como se tivesse alguma, ou até mesmo para aliviar consciência.

Estamos assim, querendo todos praticamente o mesmo, mas trabalhando em exclusividade para o seu umbigo.

No Natal, parece que tudo é diferente, mas é sempre mais igual, uns bitaites aqui e ali, para fazer jus à época, e, mais nada, porque amanhã é mais outro dia em romagem ao extremo.

E, não pode ser diferente, porque todos sabemos, mas estamos “bem” assim :(, talvez um milagre aconteça e inverta a situação, mas isso que interessa também?

Portanto, façamos individualmente o caminho da pluralidade, amanhã, logo se verá…

EU E O MUNDO

Anúncios