Ser bonita(o), não é trazer nos rosto uma cara comercialmente “bela”…

Não é vestir no corpo, um modelo que encaixa, apenas bem…

Não é falar sobre  assuntos bonitos, mas,   que nada dizem…

Ser Bonita (o), vai além de tudo isso:

É transportar todos os dias o bem  consigo, a consciência leve, de que tudo foi e é como tem que ser…

É falar de assuntos importantes, sem tirar a voz do outro…

É saber ser e estar, com elegância da educação, e não a comercial…

Ser bonita deste jeito, é ser o expoente máximo da beleza, que está apenas ao alcance de alguns poucos…

É preciso ser segura (o) do que se é, para realmente sermos sem sofrermos…

Fazer de conta , por conta de uma sociedade, para lá de esquizofrénica, é coisa de de doido, pouco saudável…

Ser bonita(o) é um estado de graça que nunca acaba, mesmo  que acabem com a sua paciência…

E, olha que paciência, para aturar tanta gente comercialmente  “bonita” e ingrata!!!!

EU E OS OUTROS

de

Albertina Correia

Anúncios