Fiquei curiosa com a janela dela

Porém, ela estava fechada

Não entrava nem sol, nem chuva, nem nada…

Preciso passar de novo por ela 

Para saber se é diferente da minha 

Ou se é imaginação sem intenção …

Afinal as janelas são sempre janelas

A diferença está em quem vive nelas …

Contudo, fica a vontade 

De saber em quem nela está a viver

Depois tentar perceber 

As vidas e as perceptivas …

Será um exercício diferente 

Sem complexos  nem receios 

Porque de vidas está o mundo cheio …

Portanto, fiquei curiosa com a janela 

Um dia destes, com toda a certeza

Passarei mais uma vez por baixo dela

Para ver outra vida e uma outra perceptiva

 A mesma…

A MINHA JANELA

Anúncios