Estou sentada …

naquela antiga escada

onde muitas vezes me sento

observando o universo

repleto do muito que é tão certo…

Nada está ao acaso

nem o azul, nem o sol

nem o vento nem o tempo…

Fico por momentos

ou longas horas

perdendo os olhos para lá,  do além

onde não consigo vislumbrar ninguém …

Ficam apenas as emoções …

As sensações …

A percepção do infinito…

Na volta, lembro-me

e retorno ao meu sítio

a antiga escada

onde sentada

não deixo que me furtem de  “nada “…

 

Antiga Escada

Anúncios