O tempo anda para a frente ou para trás?

Ninguém sabe ao certo o que ele faz…

Dizem que é cíclico, então supostamente não sai do sitio…

O tempo sempre existiu

É um fim sem  inicio e um inicio sem principio

Por isso andamos sempre nisto…

Inventamos  relógios e horas para dividir o tempo

Mas, o tempo e as horas, são as horas e o tempo

São ilusões humanas para contar horas paradas…

Ainda assim insistimos, vivemos e fingimos

Que o tempo nos envelhece

Mas, o tempo apenas desaparece

No intervalo do nada, tem a nossa existência

Um buraco sem fundo

Onde nos afogamos com tempo que não fabricamos…

Esse maldito ou bendito tempo

Que não existe em lugar nenhum

É um sopro de ilusão que nos faz sempre  pensar

Se ele de facto, existe  ou não…

O TEMPO

Anúncios