Sentada, observo o mundo que atravessa a minha calçada…

E assim, passam os dias, as horas, os momentos…

Deixo também a minha calçada, visitar-se por gente que gosta de estar sentada…

E sentados, recordamos o passado o presente e o futuro

Fazemos novos projetos, arquivamos os antigos e, seguimos…

Cientes que para a frente está o concreto o mais correto…

À frente está o futuro do que traçamos no presente de forma consciente

Esperamos pela noite e pelo dia, e observando fazemos vida

Também da vida que ja está vivida…

(RE)COMEÇO