07/09/2022

No regresso, repenso e recomeço…

Revejo, releio, relembro porque no regresso o tempo continua incerto, mas, mais pausado e mais ponderado…

Mesmo assim, refazemos o já feito, de forma inovadora mas, refeito de uma outra forma…

São os regresso e os recomeços, um círculo vicioso que se chama viver, inventar para depois regressar…

O regresso, tem um je ne sais quoi de enigmático, de mágico, de nova vida para além da já vivida…

São os regressos, que fazem de outros tempos, os novos tempos mais certos…

São os regressos que nos envolvem e nos revolvem o passado, para depois nos transportarem ao presente num regresso sempre imponente…

Regressar é sempre bom, trazemos tranquilidade da vida, experiencias vividas, pessoas, umas mais, outras menos queridas, mas, são as vivências do vai e vem que nos fazem crescer como ninguém, porque regressar, não pode ser a qualquer lugar, tem que ser para dentro, para introspeção, para que nada do que somos ou fomos, tenha sido em vão…

Regressar é como voltar ao mesmo lugar, apenas mais enriquecido pelas marcas do tempo já vivido…

Albertina Correia