SER MULHER I   / SER MULHER II

Ser mulher
É carregar a vida
É dar-lhe continuidade
É ficar de lado observando a obra
É ver tudo a enviesar
e de pouco poder fazer, para ver seu curso inverter
Ser mulher é ser dona da vida
É ser muito grande
e ser por muitos diminuida
É ter a força do mundo
Em um corpo de formiga

Ser mulher
É ser tudo que alguém quer
É o ser, sonhar e o ter
É muito mais do que se possa imaginar
Mas reduzida à menor parte
Nesta cultura milenar

Ser mulher
É ser muito mais, de tudo que aqui não está
Não é ser por ser
E não é estar por estar
Não é tudo por ter
É simplesmente ser Mulher
E neste mundo ter que vencer

…………………..

SER MULHER II

Ser mulher
É saber ocupar o lugar
É saber ser estar
Ser mulher é saber carregar as soluções para a vida´deixar que os outros a façam sentir perdida
E não adianta
As dores que possa carregar
A força que tem que inventar
E saber que ainda tem que dar
Ser mulher não é ser isto
Isto é o que fizeram crer á mulher
Que por ser tudo isto
Lhe faltaria o mais importante
Impor o seu lugar
Nesta cultura estonteante

Porque
Ser mulher
Também é os outros acharem
que ela está aqui para obedecer
Não obstante esta ter a força e a certeza
De que assim já não pode mais acontecer

AC

04/11/2013

Anúncios