20140204-133846.jpg

A chuva o vento são sinais do tempo
Tempo de melancolia, nesta manha tão fria
Inventa-se de tudo para dar brilho ao sol
Mas a chuva teima em ficar
O vento teima em soprar
E as conversas, ate essas
Sao conversas de levar pelo vento
Sem conteúdo de pensamento…
É o desgaste de quem quer o sol
De quem quer a luz
De quem quer tudo sem nada querer
E assim vamos acordando
Dia após dia, nesta melancolia
Esperando que sol um dia brilhe
Num amanhecer qualquer do calendario
Alimentando assim a nossa vontade
De correr e não ficar parado
De trabalhar e não ficar cansado…
É, o Sol tem destas coisas
Alivia o dia
Poe sorrisos nos rostos
Despe-nos de preconceitos
Sem que para isso façamos nada
A não ser recebê-lo de braços abertos
Com saudades de outros tempos
Recordando velhos momentos…
Claro que a chuva tem seu encanto
E o frio também é necessesario
Mas volta SOL
Ja estas perdoado…

AC. 04/02/2014

Anúncios