DUALIDADES

As verdades que separam
A altivez da sensibilidade
Têm cunho cravado
De anos passados…

Devemos assumir a diferença
Porque ela é também nossa pertença
E
Rouba a nossa liberdade
Tal como a nossa genuinidade…

Essa que se infiltra em nós
Que não nos deixa ser como somos
Faz com que nos sintamos
À margem da nossa verdade

Verdade que só cada um pode alterar
Mas que não lhes é permitido sonhar

Quando caímos na tentação
De ser nós mesmos com todos a nossa pretensão
Mormente somos confundidos com hipocrisia
Da verdade que anda contida…

Albertina Correia
15/08/2014

Anúncios