IMG_0312.PNG

A verdadeira felicidade
Está no teu coração
Só que o palerma do cérebro
Fechou-a num alçapão…
Pensa que só ele tem a chave
Deste tesouro escondido
Mas o coração com a sua emoção
Abre todas as portas e ate a do alçapão…
Este cérebro tem cada uma
Pensa que todos o crêem
Fica para ai esperançado
Que o coração por ele está trancado
E Quando menos esperar
Até os neurónios vão saltar…
Que o coração com ou sem razão
Cortou toda a ligação
Porque decidiu experimentar
Que a felicidade não era a brincar
E que só dele dependia
Coloca-la no devido lugar…
E o lugar é mesmo este
Sem mais tempo para esperar
Pois que a felicidade verdadeira
Não anda por ai a saltar…
Está mesmo dentro de ti
Portanto deixa aberto o alçapão
E automaticamente ela se solta
E não precisa de nenhuma razão
Que não seja a de acalentar
O teu próprio coração…

(Estados de alma)
Albertina Correia

30/09/2014

Anúncios