IMG_0317.PNG

Sentada
olhando a esferográfica
deslizando sobre o papel
vazio de palavras e cheio de linhas brancas
pronto a receber
o que talvez eu tenha para escrever…
Olho através da vidraça
Está tudo calmamente nervoso…
Folhas que se abraçam
e caiem juntas em mais um Outono…
Ficam pela calçada,
ao sabor do ar, da terra e do mar…
Abraçadas de par em par
juntas se vão deleitar
numa qualquer rua
ou mesmo em nenhum lugar…
Esta melancolia, própria da vida ou de mim,
que não dá tréguas nem aponta um fim…
A esferográfica vai registando
pensamentos abstratos em movimento…
E assim vai dando alma
à vida que caiu por terra
Esperando a nova Primavera…

(Estados de alma)
13/10/2014
Albertina Correia

Anúncios