verborreia

Poderíamos até ser todos iguais!!!!

Cor de pele, cor politica, religião, do mesmo género, e até amigos dos mesmos amigos, mas, isso é impossível, a natureza quis que fossemos todos diferentes, nos credos e fisionomia.

Eis que veio alguém “inteligente” e achou que deveria dar nomes a estas coisas, os negros, amarelos, os de esquerda, direita, centro, os extremistas de um lado e de outro, os altos, os baixos, os loiros, os escuros etc etc etc…

No entanto, por dentro somos todos iguais, emoções, mente, cor de sangue, e à primeira vista até queremos todos o melhor, mas não é para o outro,  mas sim para nós mesmos…

Então, com estes ingredientes todos e que não são poucos, há que criar desordem na “coisa”, a fim de alguns imperarem, e,  até imperam, mas morrem e vão para o mesmo lugar, TERRA, interior dela, e os menos afortunados  até ficam ao relento…

Isto para dizer o quê?

Que estamos em  um ponto de chegada, que nem sabemos qual foi o ponto de partida…

Guerreamos pelas mesmas coisas, matamos pelas mesmas coisas, violamos pelas mesmas coisas, roubamos  pelas mesmas coisas, traímos pelas mesmas coisas, e trabalhamos pelas mesmas coisas…

Pensamos nós que as mesmas coisas,  é para o bem de cada um…

Vejamos só como está o mundo, por queremos apenas o melhor para nós…

Seria bem diferente que quiséssemos o melhor para todos, pois, mas isso é utópico,  dá trabalho mental pensar de outra forma, e assim vamos indo, vindo de um ponto de partida sem saber o ponto de chegada…

(continua)

Por: Albertina Correia

Anúncios