natal

As primeiras Religiões

1ª Hinduísmo Tem 3.500 anos

2ª-BUDISMO VI A.C.

3ª-Judaísmo

4º- Cristianismo– A religião surgiu na região da actual Palestina no século I, sob domínio do Império Romano. Criada por Jesus Cristo, espalhou-se rapidamente por todo planeta e, se transformou a religião mais difundida. Jesus defendia paz, harmonia, o respeito ao único Deus e amor entre homens.

Ora depois desta introdução, convém mencionar que as “massas” só se movem com lideres, sejam do bem ou do mal.

A bíblia não representa nenhuma referência, relativa à data do  nascimento de jesus (…)

Os celtas, antes de Cristo, comemoravam o Solstício de inverno em 25/12 e prolongava-se até 06/01  (…)

(…) Em Roma o solstício de inverno , era chamado Saturnália (férias de Inverno).

Em 274, o imperador Aureliano, proclamou o dia 25/12, como  O Dia Natalis  Invicti  Solis (o dia do nascimento do sol, inconquistável

(…) O Papa  Júlio I, no ano 350 decretou que o nascimento de Cristo deveria ser comemorado a 25/12, pois o calor de seu amor eterno, era mais importante que qualquer outra forma de protecção.

Solstício de inverno,  também era de grande importância para diversas culturas antigas, que de um modo geral o associavam simbolicamente a aspectos como o nascimento ou renascimento, da energia/vida.

E assim se formou o dito natal, que nada tem a ver com o que se comemora, mas sim com energia espacial/universal ( a norte e a sul dos hemisférios), e, na  falta de uma melhor explicação à plebe, esta foi dada em forma de “conto da fadas”, onde a gata borralheira, é Maria, que virou princesa onde depois se juntaram as prendas como presente a seu primogénito.

Tudo é Fingimento de um tempo, em que não se podia explicar as coisas como deveriam ser, e na falta delas, vivemos continuamente paredes meias com a desinformação.

A única coisa a reter, e, de grande validade, é que, é nesta altura do ano (Solstício de inverno aqui, Solstício de verão, a sul),que a energia se renova, que o universo se retempera, causando no ser Humano uma onda de solidariedade, própria da energia libertada.

Finalizando, e,  então com ou sem conto de fadas aproveite esta energia que vai durar ate dia 06/01, e formule desejos com convicção, não é por acaso que é nesta altura que se fazem também balanços e planos…

É bom, mas precisamos saber o porquê das coisas...  Quem quiser claro 🙂

 

Albertina Correia

 

 

Anúncios