cropped-large__7089899471.jpg

Existe um tempo para tudo,

E com ele, muitas vezes nada fazemos

Corremos incessantemente em busca da corrente

A corrente é para onde todos vão, eu NÃO

Sou contra a maré

Quando ela vai eu fico

Quando ela vem eu vou

Não me interessa, gosto de viver sem pressa

Afinal isto aqui é uma questão desse tal tempo

Onde de vez em quando arranjamos mais dele

Para depois, dele não querermos…

Que assunto mais estapafúrdio

Estas coisas de escrita e de pensamentos

Revolto e envoltos no tempo

Fazendo-nos querer que este mundo é somente para viver…

Mas não é, esta frase é para ir conta a maré

Pôr a pensar no impensável e no pouco provável

Provavelmente a tarefa nem é diferente

Pensamos porque somos e estamos

Sem consciência do que  verdadeiramente se é

Portanto recuso-me a ser mais igual

Prefiro contrariar corrente

Que me deixa aqui e leva consigo a gente…

Hoje é assim ,amanhã logo se verá…

 

Em Volta do Mundo

Albertina Correia

 

 

 

Anúncios