azul2-a

 

Pois é, chegados que estamos a mais um a fim,  para começar um novo inicio, lá andamos nós  sempre mais nisto…

Fazer balanços, de amigos, de família, de finanças, de viagens, empresarial, etc etc etc,  para cumprir regras sociais, umas porque sim, outras porque tem que ser, já que, não podemos deixar os anos em conta corrente, então lá terá que ser…

O saldo é por conta do ano seguinte, mas o fecho é agora, e agora é o que tem que ser….

E posto isto, mas que PORRA , apenas nos restam 4 dias para fazer tanta coisa, que a imposição social não permite que seja de outra forma…

Mas pronto, é mais do mesmo, lá voltamos ao inicio com um novo principio, para fazer mais disto…

Ha, ha, ha, tem mesmo que ser a rir, afinal os anos também têm peso, e pesam de caraças, não a carga, essa  é mais do mesmo, mas quem a carrega, já que um dia deste a carga, e o contentor é despejado em qualquer lugar, sem eira nem beira, e………….que se lixe…

Talvez tenha chegado a hora de aliviar o peso, e que se dane, quem vier atrás que feche a porta , se estiverem com calor, então  que a deixem escancarada…

Verborreias mentais próprias da época, que por ser vivida e gerida, de forma diferenciada,  nos deixa a cabeça em pedaços, com as ideias separadas por gavetas, em busca de chaves que as fechem, para também elas sossegarem…

Mas PORRA,  afinal esqueci-me que para o ano há mais disto, por isso vamos de novo ao inicio, as chaves são para colocar no mesmo lugar, não vá o diabo tecê-las , atirá-las ao mar,  depois quebramos a cabeça, em busca  das cópias que estavam no tal contentor despejado em mar aberto , que, sem darmos por isso, as afundamos, apenas porque não queríamos mais disto, e quiçá nem voltar ao inicio…

Mas que PORRA, para o ano há mais…

EU E O MUNDO

Anúncios