E havia tanto para contar
Sobre a noite e o luar
Sobre o silêncio e o tempo
Sobre os murmúrios e os lamentos
A festa e a saudade
A vestimentas de vaidade
Em noites amenas e escaldantes
Sobre tempos e pessoas menos ou mais interessantes
Mas principalmente
Sobre tudo e sobra nada
E sobre nada mais precisamente…

Mas
A vida é aos bocados
A que escrevi que já passou
Outra que regressou
A do futuro, qual cópia do passado
Por evidências constatadas
Por frases prosas e versos versados
Lugares imaginados
Reais ou inventados…

continua

EU E O MUNDO 🌎

Anúncios