Já não há mais nada, para além daquilo que temos e conhecemos, o restante, se é que existe, fica por conta do que não interessa, porque  nem o sabemos, apenas supomos.

Seres insatisfeitos, por tudo que pensam ainda dever ter ou descobrir, mas isso é apenas uma questão de vivência.

Na medida em que o tempo conta, percebemos que o que queremos do tempo, não é mais tempo, mas sim tempo de qualidade.

E, se percebemos é porque já o temos, pois que, ninguém pode perceber o que não entende ou conhece.

A nossa medida, com toda a certeza não é a medida do outro, então, quando percebemo de verdade, é porque estamos onde queríamos.

E, quando assim é, já não há mais nada, porque está completo, o resto tiramos de letra com mais ou menos esforço…

PENSAMENTO DO DIA

 

 

 

 

Anúncios