45 Depois da ditadura em Portugal…

Pensamos que somos livres

Num mundo feito de prisões

Cada qual olha seu umbigo

Como se os outros fizessem parte ou não…

Nunca fomos tão globais

E Teoricamente tão iguais

Adoramos as nossas ilhas

Cada uma com sua especificidade

Não queremos saber dos outros

Nem da sua realidade…

E pensamos que somos livres

Porem acorrentados à sociedade

Essa que inventa de tudo

Para a ela nos prender

Fazendo-nos crer quer somos livres

E apenas somos livres para morrer…!!!

EU E O MUNDO

View original post

Anúncios