E quando a lua se apagar, 

O oceano se esvaziar,

O sol deixar de brilhar, 

O vento não mais  soprar, 

E o céu ficar a chorar?

É chegada a hora  de irmos embora

De deixarmos de amar, de guerrear 

De nada mais ter que aturar

De não sermos nem estarmos…

Por que tudo se esgotou

Se transcendeu e se elevou 

Se encheu de uma vazio 

Onde não cabe mais nenhum sentido…

Nada mais fará falta

Não existirá ninguém para sonhar

Para testemunhar

Que o mundo se desvaneceu

Quiçá desapareceu, ou foi para outro lugar…

E nós perdidos

Mergulharemos sós e vazios …

É chegado o fim sem princípio

E um princípio sem início …

Paradoxalmente e metaforicamente escrevendo 

Coisas que não se entende nem se compreende…

Será ?

EU E O  MUNDO

Anúncios