Tenho saudades, de quando o Mundo era mais “pequeno”…

Nesse tempo, cabíamos todos no mesmo espaço, olhávamos-nos nos olhos, dizíamos o que queríamos e ouvíamos em directo…

Era o tempo, em que as palavras saiam juntas com emoções, com as expressões físicas, não dando margem para segundas interpretações, ou erros de cálculo…

Não havia espaço para criticar roupas, nem estatura físicas, porque esse tempo, era de conversa intensa ou amena, e não de dietas loucas, ou traições constantes….

Pois não, porque aquele mundo era mais pequeno, cabíamos todos no mesmo espaço, víamos-nos, sentíamos o aroma de cada um, riamos, chorávamos, mas também nos abraçávamos…

Hoje, o mundo de facto é imenso, de tal forma que andamos todos perdidos, não estamos juntos, não nos tocamos, não sentimos os nossos aromas, não dizemos o que queremos, não ouvimos e as nossas emoções, são expressas através de  figurinhas virtuais que nos transformaram em pseudo robots…

Tudo é descartável, numa velocidade que até dói, as conversas são “fiadas”, todos podem dizer o que querem, porque não temos o resto para juntar (emoções, expressões físicas etc) tirar conclusões e responder de acordo…

Por isso, tenho saudades de quando o mundo era mais “pequeno”, este é grande demais, perco-me facilmente, no meio de tanta “gente”…

EU E OS OUTROS

 

 

Anúncios