Olho através da vidraça

O tempo que voa e que passa…

Deixando um rasto de agridoce!

Meus olhos se fixem no além…

No tempo que vai e quem vem…

Nas pessoas que estão e que vão…

Fica o silêncio

Porque este, é aquele momento

Que apenas se olha através da vidraça

Já só vendo o tempo que voa e que passa!…


OS ANOS LOUCOS DO SEC XXI