IMG_0311.PNG

Quê, que dizes?
Que se passa?
Por vezes tens a mania
E ficas nessa monotonia
Pensando em me irritar
A única coisa que consegues
É o meu virar de costas
Mas antes escrevo umas verdades
Para que continues monótona
Só que agora, com a razão
Para ti
Razoavelmente morta!!!
E pergunta ela, que se passa?
Como se dela dependesse o mundo
Que gira também à minha volta
Roubando-me cada segundo…
Deves ter mesmo a mania
Olha, é para o lado que eu fico melhor
Se não queres dizer nada não digas
Fica para aí a pensar
Que me possas estar a irritar
A mim tanto me dá
Pois que de costas voltadas
Nem sei o que se está a passar!!!!!
Olha esta!
Até parece que sem ti nada acontece
Pois fica a saber
Que contigo ou sem ti
O meu mundo é, e será sempre aqui
Onde faço o que me apetece…
Fica lá com a tua mania
Pode ser que te passe um dia,
E quando esse dia chegar
Não me dirijas a palavra
Porque com toda a certeza
Ja cá não vou estar…

(Estados de alma)
Albertina Correia
27/09/2014

Anúncios