HOJE

Contrariando as tendências de meio Sec. , hoje, o Sol brilha…

Nem sempre foi assim, e também  não é importante…

Mas o que sempre foi, apenas se nota pela diferênça, por isso fica o registo…

Foram muitos anos, muitos dias,  muitas horas e milhões de segundos

De caminhada feita, registada, de vida contrariada

O que fica é o silêncio, do mundo que carrego dentro…

E, é bom, porque lá, mora a vida que eu sou e quero

E não a que cada um me faz , sempre que seus desejos se alteram

Vou vivendo “duplamente”, a minha vida e a de outra gente

O que conta é o que estå em mim

O que sobra , nao é nada, rescaldos de vida asfixiada,

Em  que faço de conta que acredito em tudo que me é dito

Hahaha, eu nao sou bipolar

Mas se assim  for mais preceptivel

Então serei tudo  isso , e mais o que se achar, para a mim me justificar…

Mas hoje não interessa para nada

Está sol de madrugada, neblina na saida, e chuva na alvorada

E em tudo isto estou Eu,

Envolvida, resolvida, sozinha e acompanhada

Portanto venha tudo do meu universo

Porque ele comigo faz zempre tudo certo…

21/02/1963

Albertina Correia

Anúncios