Somos feitos da mesma matéria, mas não somos todos iguais.
A nossa matéria , apenas cobre a essência que cada um é.
As nossas diferenças, residem na nossa alma, aquela que não se vê que é intocável pelos outros e que cresce dentro de nós, da forma que a direcionarmos.
Essa alma, essência , espírito, ou algo que lhe queiram mais chamar, somos verdadeiramente nós , mas, ainda assim, ela não faz de nós boas ou más pessoas, apenas faz o que os outros em nós despertarem.
Somos feitos da mesma matéria, mas não somos todos iguais, contudo, todos temos 2 pontos vitais, que quando acionados,  fazem verdadeiras catástrofes.
Todos somos bons e todos somos maus, mas, somos sobretudo o “botão” que for accionado.
Tem certas pessoas que podem despertar em nós, o pior que temos dentro da nosso âmago, fazem-nos ser e dizer aquilo que verdadeiramente não somos, mas que fazem com que o sejamos.
Depois reflectimos, não queríamos dizer, mas ficamos satisfeitos por o ter feito, já que, o botão foi accionado e não havia mais a fazer.
Ficamos fora de nós, essas pessoas, que “primem esse botão”, fazem-nos  pensar e agir, da forma que não queremos pensar e fazer, nem queremos para a nossa vida.
Depois, existem as  pessoas que “primem o botão “ do amor, da compaixão, da solidariedade etc, que nos tocam verdadeiramente pelo lado positivo, que alimentam a nossa alma, que nos dão prazer até de sabermos que apenas existem, elas, são essência para o nosso alinhamento o que nos permite continuar a ser e ver, a nossa verdade.
A nossa alma, espírito, essência,  agradece pessoas assim, já as outras, andam a gastar oxigênio, essencial para quem a ele, verdadeiramente tem direito.
Temos que lidar com os dois é certo, mas podemos mandar a parte que menos  interessa, bogiar…
Permitam-nos sermos nós, deixem-nos derramar paz, harmonia e alegria, vão-se embora, as trevas é o vosso lugar, até a luz da vossa alma se acender, se isso acontecer…

EU E O MUNDO

Anúncios