Porque pensamos, se muitas vezes nem queremos pensar?

A mente, o cérebro, está em constante movimento, criando e recriado, formas e fórmulas para dar forma ao que pensamos, e por isso mesmo, pensamos tantas, mas tantas vezes que chegamos a levar  o pensamento até à exaustão.

E quando exaustos, neste caso o pensamento,  fica para trás todo o discernimento ou a falta dele.

Quando atolados em tantos atalhos, para tentar perceber qual o certo, ou o mais adequado, eis que ficamos sem norte e perdemos-nos no meio de tanta encruzilhada.

Mas creiamos que no meio de tanto pensar, em algum lugar ele se vai alojar, então percebemos (ou não), que a parte física é grandemente afectada, criando bloqueios que por mais que queiramos, nada podemos fazer enquanto o pensamento  continuar a doer.

Uma solução, é a meditação, essa prática de bem ser e estar que resolve de forma eficaz, todos estes pensamentos que muitas vezes, ficam engarrafados, não andam não desandam nem desaparecem…

EU E O MUNDO

 

Anúncios