Todas as palavras, tem uma conotação própria, contudo, a intensidade das mesmas, não serve da mesma forma a cada pessoa.

Viver intensamente, pode ser tão diferente, para quem o vive.

Comummente ouvimos, “a vida é para ser vivida intensamente”, só que, o que é intenso para uns, pode não ser intenso para outros, ou o significado dado, pode ser tão , mas tão diferente.

Uma grande paixão, saltar de pára quedas, viajar de mochila ás costas, pode ser tão intenso, como ler um livro, olhar um rio, caminhar pela calçada, viajar de forma programada, a intensidade somo nós que colocamos em cada coisa que fazemos, e sentimos.

Portanto, sentir é fundamental, não importa o quê nem como, mas sentir com intenção.

EU E O MUNDO